quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Realce Seletivo de Objetos no Gimp

Desde que eu assisti o filme A Lista de Schindler (por volta de 2006) e vi aquela cena onde aparece a menininha vestida de vermelho num filme em preto-e-branco (parabéns Steven Spielberg) eu fiquei apaixonado na idéia de realce que essa técnica trás para as fotos. Eu sempre gostei de fotografia, mas só recentemente comecei a realmente aprender técnicas tanto de edição de imagens quanto de montagem de cena, uso dos recursos da câmera, entre outros. E hoje eu vi uma imagem de uma cena de sangue do filme Sin City e me lembrei de novo dessa coisa do realce por cor e então resolvi tentar fazer algo parecido no Gimp. Descobri como fazer, apesar de não ser a mesma idéia que aparece nos dois filmes.

A técnica que vou demonstrar é diferente do realce por cor, porque na verdade estaremos realçando somente as cores de um objeto, não uma cor específica. Uma hora dessas eu ensino como fazer esta. Mas, mesmo assim, espero que este tutorial já ajude bastante.

Realce seletivo de objetos no Gimp


As vezes tiramos algumas fotos que têm potencial para serem especiais, mas devido às limitações tanto do fotógrafo quanto da câmera, se tornam mais uma foto a ser jogada no Facebook. É possível tornar algumas dessas fotos um pouco mais especiais, dessaturando as mesmas e deixando somente um ou dois objetos coloridos na foto, o que dá um realce bastante impressionante e dependendo da composição, pode tornar sua foto comum em uma foto bem mais impressionante...


Bom, vamos lá então. Primeiramente, nós vamos abrir nossa foto no Gimp e escolher a opção de menu Camada\Duplicar Camada (Layer\Duplicate Layer). Eu renomeei a camada duplicada para cópia, para assim ficar mais fácil identificar onde estaremos trabalhando. As camadas se chamarão Fundo e Frente.

Em seguida, selecione a camada Fundo. Com essa camada selecionada, vá no menu Cores\Dessaturar (Colors\Desaturate) e na janela que se abre, escolha a opção de preto-e-branco que mais lhe agradar. Caso você queira ver na tela o que está a ocorrer, na coluna lateral onde aparecem as camadas, clique no olho à esquerda da camada Frente e a oculte, assim você poderá visualizar a dessaturação em aplicação na camada do fundo. Eu pessoalmente prefiro a opção luminosidade, mas isso vai depender muito da foto.

Agora que você dessaturou a camada Fundo, clique novamente no olho à direita da camada Frente, para que a camada volte a ficar visível. Em seguida vc vai clicar com o botão direito nessa camada e escolher a opção Adicionar Máscara à Camada (Add Layer Mask). No diálogo que se abre, escolha Branca (Opacidade Total) e escolha Adicionar.

Pintando a Máscara de Opacidade

Agora que criamos a nossa máscara, nós usaremos as ferramentas de pintura do Gimp para selecionar as partes da imagem que ficarão preto-e-branco e as que ficarão coloridas. Para isso, usaermos o lápis ou o pincel para esta tarefa, pintando de preto as áreas que não serão coloridas.

Esta máscara que adicionamos têm a propriedade de tornar visível ou não partes da camada, através da variação do branco. Ou seja, se determinada área da máscara está branca (100%) é visível. Se está preta (0%) não é visível. Claro que você pode aplicar vários tons e tornar partes da imagem progressivamente mais visíveis ou não, mas falaremos sobre isso mais para frente no post.

Nessa etapa, é necessário ter cuidado na hora de pintar as regiões limítrofes dos objetos que estamos deixando visíveis. Nestes casos, podemos usar o pincel para que a aplicação da cor preta seja progressivo, e menos suscetível à erros. Caso você erre, pode simplesmente pintar novamente a área usando o branco e tentar novamente.

Minha dica é fazer a seleção em pequenos passos, assim você vai tendo uma idéia de como está ficando a imagem aos poucos.

Retoque Final

Depois que terminarmos de pintar a nossa camada, nossa imagem já deve estar bem próxima do resultado que queremos. Agora é hora de limparmos a foto de regiões que porventura possamos ter esquecido de ocultar. Para isso, oculte a camada Fundo (da mesma forma que fizemos com a camada Frente) e note que estaremos vendo somente o objeto que selecionamos. Se você reparar, haverão algumas áreas fora do objeto que estão visíveis. Usando essa visualização, você pode identificar mais facilmente tais áreas e ocultá-las. Outra dica é identificar no objeto rebarbas que possam ser melhoradas, em caso de alguma região com baixo contraste.

Dicas

Tente usar outras cores que não seja preto-e-branco. A opção Cores\Colorizar ou o Script-fu Sepia podem dar ótimas fotos!

Outra dica é relacionada ao uso do lápis e do pincel. O Lápis e o Pincel fazem a mesma coisa, com a diferença que no Pincel a cor é aplicada progressivamente. Ou seja, pintar com o pincel produzirá uma variação de cor da cor original para a cor escolhida para a ferramenta. Quanto mais próxima das bordas da ferramenta (identificado pela bordinha que aparece) mais esse efeito acontece, e quanto mais perto do centro da ferramenta, mais a cor selecionada é aplicada. O Lápis simplesmente aplica a cor em toda a área da ferramenta. Usar o pincel em regiões mais delicadas ou limítrofes é uma boa pois permite você ter um gradiente de dessaturação nessas regiões, tornando a transição mais suave.

Conclusão

Essa é uma técnica simples de se implementar, e como disse anteriormente, pode transformar sua foto comum em uma foto bastante especial! Fique agora com algumas fotos usando essa técnica:




Fontes:

Gimp.org - Selective Colorization