quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Sobre Correntes e Spams

Esses dias venho acompanhando o constante bombardeamento de spam e correntes em alguns grupos de discussão que eu participo. Eu normalmente só vou lá e clico em Spam no gmail e pronto. Mas meu amigo Andrew Kuhn, cansado de ver essa basófia acontecendo, escreveu dois excelentes textos que eu publico aqui, nesse blog.

Lei do Inbox com Lixo

Um dia peguei fui em uma biblioteca com um amigo. Estavamos checando minha caixa de email, quando de repente, uma mensagem de power point com som saltou na nossa frente.

O bibliotecario sacudiu a cabeça e começou a gritar para nós nervosamente. Mas o meu amigo apenas sorriu e acenou para o cara, fazendo um sinal de positivo.

Depois respondeu o email da mensagem. E ele o fez de maneira bastante amigável....




Indignado lhe perguntei: - 'Porque você fez isto? Este cara quase arruína o nossos estudos e nos manda para fora daqui!'

Foi quando meu amigo me ensinou o que eu agora chamo de "A Lei do Inbox com Lixo."

Ele explicou que muitas inbox são como caminhões de lixo. Andam por ai carregados de lixo, cheias de mensagens de power point, phishing e spam. À medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de um lugar para descarregar, e às vezes descarregam sobre as listas de discussão. Não tome isso pessoalmente. Isto não é problema delas!

Apenas sorria, responda, deseje-lhes o bem, e vá em frente. Não pegue o lixo de tais pessoas e nem o espalhe sobre outras pessoas no trabalho, em casa ou fazendo correntes nas ruas.
Fique tranquilo... respire, exclua, E DEIXE O LIXEIRO PASSAR.

O princípio disso é que pessoas felizes não deixam os caminhões de lixo estragarem o seu dia. A vida é muito curta, não leve lixo.

Limpe os emails ruins, spams do trabalho, mensagens religiosas pessoais, do power point e de filosofia.

Envie email uteis para as listas que te tratam bem. E também as que não o fazem.
As listas são dez por cento o que você recebe, e noventa por cento o que você manda pra dela!
Tenha um bom dia, Livre de lixo!


Um dia descobrimos que chatear uma pessoa sem irritar as outras é bobagem. Você não só não irrita a outra pessoa como não consegue ser a mais chata possível.

Um dia nós percebemos que os spams tem instinto "caçador" e fazem qualquer inbox sofrer...

Um dia descobrimos que phishing é inevitável...

Um dia percebemos que os melhores spams não vão fazer seu pinto crescer...

Um dia percebemos que email não te faz emagrecer...

Um dia saberemos que classificar email sem filtros não é bom...

Um dia perceberemos que aquela pessoa que menos estuda é a que mais te manda emails chatos.

Um dia saberemos a importância da frase:" Tu te torna eternamente responsável por aquilo que envia..."

Um dia perceberemos que somos muito importantes pra alguém, mas não damos valor a isso, porque estávamos lendo spams chatos.

Enfim.. um dia descobrimos que apesar de estarmos em um curso de tecnologia a quase 2 anos, esse tempo todo não é suficiente para descobrirmos o significado de spam.

Para conhecermos o que irrita as pessoas e não enviar coisas chatas. Não existe hora certa para aprendermos que mandar spam não é legal.

O jeito é: Ou nos conformamos com a falta de uns moderadores na nossa lista, ou zoamos para pararem com essas putarias.

Quem não compreende uma lista de discussões, tanmpouco compreenderá uma longa explicação

Por Andrew Kuhn