quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Opções Ocultas do Google Chrome

Não sei quanto à vocês, mas quanto mais eu mexo no Google Chrome, mais gosto dele como navegador. A última vez que usei o IE foi há muito tempo, que nem me lembro mais. Mas é fácil perceber pela linha do tempo ... Usei o Netscape; usei o browser Mozilla (que hoje se chama Seamonkey); usei o firebird que depois virou Firefox (me lembro até hoje da versão beta do primeiro Firefox) e há alguns anos uso o Chrome como meu navegador preferido.

E por falar em Google Chrome, esta semana eu descobri um recurso novo que já existe desde a versão 7 muito útil, que permite você configurar opções avançadas no Chrome. Você acessa ele pelo comando about:flags, que te recebe com a seguinte mensagem:

Careful, these experiments may bite

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

O lado foda do concurso público ...


Momento Piada *Toska* da Semana - Nem é mais da semana, mas da hora né?

Dizem que o Serviço Público é aquele que é instituído, mantido e executado pelo Estado, com o objetivo de atender aos seus próprios interesses e de satisfazer as necessidades coletivas. Eu acho que esse kra aí embaixo sabe mais ...

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Drivers Wireless nos notebooks Vostro da Dell

Boa tarde pessoal! Essa semana passei um arroxo com meu notebook pois não estou mais utilizando o Ubuntu como distribuição linux. Eu estou agora usando o Linux Mint Debian Edition e em vista disso, muito da facilidade de instalação de diversas coisas que eu tinha no Ubuntu se foi. Na verdade, eu não acho ruim. Pelo contrário, acho muito melhor porque volto a ter um contato com o sistema, que nem eu fazia na época que comecei a usar o Slackware. Muito do que sei sobre o kernel e as ferramentas eu aprendi nessa época que usei o Slackware.

Bom, e qual o motivo deste post? Como eu disse, o LMDE não é como um Ubuntu (leia mais sobre o Linux Mint), então algumas coisas precisam ser feitas na mão pra funcionar, e uma delas foi a instalação da placa wireless do meu notebook. Não é difícil, só um pouco traiçoeiro. Então vamos lá...

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Tipos de backup: Da arte de se guardar arquivos

Esses últimos dias passei por uma situação em que precisei formatar o meu notebook. Na hora de formatar, me lembrei que precisava fazer backup de vários arquivos que eu tinha guardados dentro do notebook. Em vista disso, passei várias horas copiando todos os arquivos que eu precisava para uma unidade externa antes de eu realmente poder iniciar o procedimento de formatação. Se eu tivesse backups dos meus dados, isso não seria necessário.

Muitas pessoas deveriam saber mais sobre backups pois, um dia ou outro, elas podem vir a precisar de um backup, e os motivos podem ser os mais diversos como perda ou falha do dispositivo de armazenamento, corrompimento do arquivo atual, verificação de versões anteriores, entre outras. Mas o mais importante é que com um backup de seus arquivos, você pode ficar menos preocupado com uma ocasional perda de arquivos.

Fazer um backup é simples. Você vai, copia os arquivos que você usa para outro lugar e pronto, está feito o backup. Mas e se eu alterar um arquivo? E se eu excluir acidentalmente um arquivo? E se o arquivo atual corrompeu? Bem, é aí que a coisa começa a ficar mais legal. É nessa hora que entram as estratégias de backup.Vamos falar delas com mais detalhes abaixo ...
Tipos de backup: Da arte de se guardar arquivos

Antes de mais nada, é importante decidir o que será guardado e o que não será, já que dependendo da situação, os backups poderão se tornar demorados e ocupar muito espaço...