segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Passagem de Duna - Frank Herbert



Ou nós abandonamos a Teoria da Relatividade, há tanto tempo aceita, ou paramos de acreditar que possamos nos envolver numa contínua e precisa previsão do futuro.

De fato, conhecer o futuro levanta um conjunto de questões que não podem ser respondidas sob os parâmetros normais, a não ser que alguém, à princípio, projete um observador para fora do Tempo, e em segundo lugar anule todo o movimento.

Se você aceita a Teoria da Relatividade, pode então demonstrar que o Tempo e o Observador devem permanecer imóveis, um em relação ao outro, do contrário surgirão imperfeições. Isso parece indicar ser impossível realizar uma previsão precisa do futuro.

Como então podemos explicar a contínua busca desse objetivo visionário por parte de cientistas respeitados? E como então explicar o Muad'Dib?


Palestras sobre a Presciência por Harq al-Ada - Os Filhos de Duna, Frank Herbert