terça-feira, 28 de abril de 2009

O homem de hoje é multitarefa ??

Lembra quando apenas dirigir e falar ao celular era considerado perigoso? Essa foi a pré-história do homem-multitarefa. Está provado, por a+b, que pegar na direção de um carro e ficar batendo papo por celular é uma combinação indigesta, podendo ser fatal. Todas as estatísticas mostram a relação entre a direção, o celular e os acidentes de trânsito. Todas, há pelo menos dez anos. O que dirá então de dirigir, mudar a playlist do iPod, ler o RSS no celular, abrir o vidro para pegar a última edição do Metro, tomar uns goles de Coca-Cola, dar uma nova olhada na agenda, tudo ao mesmo tempo? E há quem fume, converse com o cachorro, passe batom, levante o dedo do meio para o motorista folgado da pista ao lado... Quem não for multitarefa hoje em dia está perdido.



Pera aí... Multitarefa? Computadores foram feitos para processamento paralelo — foram moldados por nós para fazerem múltiplas coisas ao mesmo tempo. O nosso cérebro, dizem os cientistas desde os tempos de William James, tem vocação para focar em uma coisa de cada vez. A ideia predominante, até hoje, é que não fazemos nada simultaneamente. Prestamos atenção primeiro numa coisa, em seguida em outra. Nos esquemas multitarefa, alternamos alucinadamente entre diferentes ações. É quase consenso que, assim, rendemos menos, embora tenhamos a ilusão de estarmos produzindo mais.

Será? Um professor de Psicologia da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, Russel Poldrack, chegou a afirmar que até o que aprendemos com a atenção dividida é diferente do que aprendemos com o foco total em algo. Escaneando o cérebro, ele diz ter notado que, numa situação multitarefa, a área do cérebro mobilizada quando se aprende algo é a do estriato. Sem qualquer distração, a área requisitada é outra: o hipocampo. E daí? Daí que a informação armazenada no hipocampo pode ser requisitada com muito mais facilidade.

Como para cada pesquisa acadêmica sempre existe outra dizendo exatamente o contrário, David Meyer, da Universidade de Michigan, já defende a possibilidade de o cérebro se adaptar a situações multitarefa, alternando entre uma ação e outra de forma cada vez mais produtiva. Claro que, em meio à tensão de tantas solicitações, a carga de adrenalina aumenta, o stress também, e a memória de curto prazo sofre mais...

Divergências da neurociência à parte, o fato é que, para o bem ou para o mal, todos nos tornamos multitarefa para sobreviver num dia em que 36 horas têm de caber em 24. No escritório, quem pode se dar ao luxo de escutar conversa mole no telefone sem checar simultaneamente o MSN, encaminhar um e-mail mais urgente, comparecer no Twitter ou desbastar a pilha da correspondência em papel que insiste em chegar só para aumentar o lixo da reciclagem? E quem pode se enfiar em reuniões intermináveis sem levar o notebook? Não é quase obrigatório carregar o note e balançar a cabeça mecanicamente, em sinal de concordância, enquanto se manda ver no teclado, nas tarefas urgentes que não podem esperar mais que alguns segundos? Talvez, se fosse vivo, Darwin apostasse no homem-multitarefa...

Fonte: Infoexame

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Vírus em Linux, Yes eles existem !!

Eu queria entender uma coisa. Porque as pessoas têm a tendência a mistificar coisas e tomar estas mistificações como verdades quase absolutas? Uma delas é a que diz que não existem vírus pra Linux.

Primeiro vamos comentar o texto que achei em um site da UnB:
Por que é que vírus de Linux não é mais do que um assunto para rodas de ciberpapo? Por que é que os vírus para Linux não nos afetam do jeito que os vírus para produtos Microsoft afetam, a usuários do Windows em particular, e aos cibernautas em geral?

Existem várias razões porque o assunto vírus-de-Linux é abobrinha. Quase todas elas já familiares para quem usa o kernel, quase todas elas ainda desprezadas por quem gosta de ser enganado (tagarelando abobrinhas tipo "é menos atacado porque é menos usado"). Mas há uma razão, muito importante, que estudiosos da evolução biológica podem apreciar. Antes, porém, devemos saber porque o Linux não dá mole para vírus.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Hermes Trismegistus e a Tradição Hermética

De todas as tradições espirituais conhecidas no Ocidente, a de Hermes, o Três Vezes Grande, pode vangloriar-se de ser a mais antiga. Exposta a alterações no decurso do tempo, a Tradição Hermética está arraigada no passado egípcio mais remoto. Ali cai a máscara de Hermes para revelar Thoth, o da cabeça de Íbis, o primeiro doador do conhecimento à humanidade. Este conhecimento ainda perdura entre nós, conservado ao longo dos séculos por uma comunidade invisível de adeptos conhecidos ou desconhecidos.

Um doador de conhecimento difere muito de um deus salvador sofredor como Osíris ou de uma deusa mãe amante como Ísis. Cada aspecto da divindade apela a um tipo psico-espiritual diferente e cada um deles pode conduzir por diversas sendas a um único objetivo. O caminho que leva ao conhecimento possui um propósito duplo. Primeiro, ensinar técnicas e práticas para superar as limitações humanas, como o trauma da morte e, segundo, estudar a ordem cósmica e e trabalhar dentro dela. Quando esses dois objetivos coincidem, temos uma forma de hermetismo.


O mundo clássico temporalmente sentiu a atração pelo Egito e seus mistérios, ainda que fosse um Egito de glórias passadas. Pitágoras se encontrou entre os que visitaram a "Terra de Chem" para adquirir suas iniciações e incorporá-las à sua própria filosofia. No nível religioso, os cultos egípcios se introduziram no mundo clássico com as conquistas de Alexandre, O Grande. O mesmo Alexandre se representava portando os chifres de carneiro de Amon, deus de Tebas. A Roma foi Ísis, cujo culto chegou a ser um dos mais esplêndidos sob os Imperadores. Em Alexandria e outros centros de língua grega, surgiu Serapis como um amistoso rival de Zeus, porém foi Thoth quem conseguiu mais com a mente filosófica.

No mito egípcio, Thoth é descrito várias vezes como o espírito e inteligência do Criador; deus do saber e da cura, juiz das disputas celestiais e secretário dos deuses; o que pesa as almas dos mortos. Foi ele quem proferiu as palavras que teriam dividido os membros de Osiris. Thoth inventou números e mediu o tempo. Em sua abstração máxima, Thoth foi um deus de transições, do caos ao cosmos, das disputas ao entendimento, da morte ao renascer, das causas aos efeitos. Mais concretamente, era considerado um deus dos encantamentos e da astrologia, da medicina popular e mestre-instrutor em plantas e minerais.

Tudo isto vinha com Thoth ainda que tenha tomado uma aparência grega. O deus grego Hermes também havia sido um deus de transições: um assinalador de fronteiras, um guia de almas ao Hades, mensageiro entre o Olimpo e a Terra, patrão de mercadores e ladrões. Quando se deu esse nome a Thoth, com o epíteto Trimesgisto ("Três Vezes Grande"), este assumiu a aparência de filósofo-rei, recriando para a época helênica a memória daqueles homens divinos ou deuses encarnados que haviam educado à raça humana. Há ressonâncias deles em toda as terras, como Zoroastro, Fo-hi, Tubalcaín, Quetzalcoátl, Dionísio, Orfeu, etc.

Os escritos gregos atribuídos a Hermes Trimegisto não constituem um cânon mais unificado que o das escrituras judaicas ou cristãs. São uma série de escritos doutrinais, inspirados em vários autores com variações em torno de alguns grandes temas como: a bondade absoluta de Deus, que é de uma só vez Uno e Todo; a auto-revelação da Mente Divina no Cosmos; o Universo como uma emanação de seres dentro de uma ordem hierárquica; a constituição única do ser humano como microcosmo; o caminho até a regeneração e conhecimento direto de Deus. O Corpus Hermeticum expunha novamente esses temas em benefício dos cosmopolitas de língua grega que viviam sob o Império Romano.

Ainda que Thoth tivesse seu aspecto popular, o Corpus Hermeticum possui seu aspecto apócrifo em que Hermes converte-se em senhor das ciências ocultas, o revelador da medicina astrológica e da magia simpática por meio da qual se atraem as influências do céu e se fixam os talismãs. Há um exemplo em Asclepius, quando descreve como os egípcios fundiam deuses em estátuas. Por último, mas não menos importante, a filosofia natural de Hermes e seu conhecimento do oculto se uniram para fazer dele o pai da alquimia , a arte egípcia da transmutação.

A imagem mítica central do hermetismo parece ser o primeiro tratado do Corpus Hermeticum, "Poimandrés, o Pastor dos Homens". É a descrição da ascensão da alma depois da morte e da rendição de suas energias às sucessivas esferas dos sete planetas. Quando esta renuncia a todas elas, pode então atravessar a Oitava Esfera (As Estrelas Fixas) e unir-se à companhia dos Benditos. Esta é uma versão cósmica da ordália descrita no Livro dos Mortos dos egípcios (ou a "Saída à Luz do Dia"), onde uma alma deve atravessar os diversos corredores do Outro Mundo e ser pesada contra uma pluma em uma balança antes de poder ingressar no Paraíso de Osiris.

O aspecto filosófico do Hermetismo baseia-se na doutrina das correspondências. Na ascensão hermética, cada planeta corresponde a um determinado poder: Mercúrio à inteligência, Vênus ao desejo, Marte à ira, etc. Assim, o ser humano é um microcosmo que contém, em pequena escala, as mesmas energias que o macrocosmo. Se imaginarmos a Terra como o centro do Universo, a alma adquiriu essas energias em sua viajem descendente, (ou interior) desde as regiões celestiais através das esferas planetárias e surge à vida terrena no ventre materno, plena de potencialidades e tendências que são delineadas em seu horóscopo natal. Durante a vida, a alma trabalha com essas potencialidades com a esperança de refiná-las para que emerjam como virtudes. Se logra seu intento, ao abandonar o corpo na morte, é luz e, desembaraçada, está pronta para ascender a seu lugar de origem. Se, pelo contrário, as energias se condensaram em vícios, então a viajem ascendente se tornará difícil e alma poderia permanecer presa na atmosfera da Terra, um tormento para ela mesma e uma retardatária para suas companheiras.

Esta é a Doutrina Hermética, como se entende geralmente. Sem embargo, segundo as escolas modernas da alquimia que liquidaram com a estrita confidencialidade do passado, não resta nada da maioria das almas das pessoas que tenham sido filtradas pelas esferas planetárias, pouco depois da morte. A maioria delas seria extinta como personalidade, pouco depois da morte e talvez sejam recicladas como pessoas totalmente diferentes. Para colocar a questão de forma sensível, não existe garantia alguma acerca da imortalidade pessoal, apesar do que possam dizer em contrário as doutrinas consoladoras.

A ambição do adepto é sobreviver a esta dissolução geral e, se voltar a encarnar, fazê-lo apenas por uma eleição deliberada e não por uma amarração a um processo natural, como o resto das pessoas. Para atravessar além dos limites dos cosmos (simbolizado pela esfera estelar) e entrar conscientemente em outra forma de vida, o adepto deve ter forjado durante sua vida um "corpo radiante" como veículo de sua individualidade. Se diz que este processo é puramente científico e nada tem a ver com a religião. As técnicas requeridas são ensinadas em escolas muito restritas e de várias formas apropriadas para as diferentes culturas do Ocidente e do Oriente, Norte e Sul.

Conhecer esta corrente hiper-esotérica facilita a compreensão da alquimia. Na alquimia operativa ou física, o corpo radiante é forjado em paralelo com eventos químicos e sua consecução marca o surgimento da Pedra Filosofal. Há evidentemente objetivos intermediários que se consideram dignos de serem alcançados: o assunto é extremamente complexo. Alternativamente, a alquimia pode ser totalmente interna, consistindo em meditações, exercícios de respiração, magia sexual, etc.

Porém seria um grave erro supor que apenas a vida do adepto vale a pena, já que unicamente ele logra a imortalidade pessoal. Em um sentido, o objetivo do adepto é contra a Natureza e, como toda ciência é amoral, poderia preservar personalidades que, deste nosso ponto de vista, seriam más (A versão esotérica do "mito de supervivência hitleriana" é um caso)

O Hermetismo não se limita isto. Contrariamente às filosofias que rechaçam o mundo, este aceita e abraça jubilosamente todo o processo de encarnação e excarnação. Pelo fato do mundo físico estar imerso em influências celestiais, é um lugar de beleza e maravilha. A Natureza é um livro onde se pode ler a sabedoria da mente Divina. Recordemos que a Thoth se relacionava todo o conhecimento útil: as artes e ciências que melhoram a qualidade de vida, como a música, as matemáticas e a escrita. Obviamente, a alquimia mesmo se iniciou com a tecnologia dos metais. Quando a mera existência animal se eleva devido às artes e ciências e as pessoas se movem conscientes da mente Divina através das obras da Natureza é que as dádivas de Thoth estão gerando frutos.

Depois do Império Romano, o Hermetismo, ou as doutrinas do Corpus Hermeticum expandiram-se em direção ao Hermetismo, termo mais amplo que abrange muito da tradição esotérica do Ocidente. As três religiões abraâmicas encontraram um espaço para ele, ainda que mesquinhamente. Entrtou no Islã graças aos saberes de Harran (na Turquia, próximo à fronteira com a Síria), centro da antiga indústria de cobre e de uma seita que mesclou a adoração da estrelas com o neopitagorismo, neoplatonismo e a alquimia prática. Seus patronos, Hermes e Agathodaimon, transformaram-se nos profetas muçulmanos Idris(=Enoque) e Seth. Por mais de um século, Harran também foi a sede de uma escola de tradutores que se especializou na matemática e astronomia grega, transmitindo assim muito da tradição pitagórica ao mundo muçulmano. No Séc. X, a Irmandade da Pureza de Basra (Iraque), compilou uma enciclopédia dee todas as artes e ciências, incluindo a teurgia e a magia, a qual foi estudada pelos drusos, pela seita dos asesinos e pela maioria das escolas sufis. Atualmente, todavia, se lê. Desta forma o Hermetismo passou ao verdadeiro coração do esoterismo islâmico.

No judaísmo, a influência hermética surgiu na Cabala. O breve e fundamental texto cabalístico Sepher Yetsirah (o "Livro da Formacão", Séc. III d. C.(?) ) expõe uma cosmologia baseada na doutrina das correspondências, especialmente a dos planetas setenários, dias da semana, aberturas da cabeça, etc, e do dodecanato do zodíaco, as direções do espaço, dos meses, órgãos do corpo, etc. Descreve um cosmos não separado entre o bem e o mal, mas suspenso na polaridade por energias positivas e negativas. O método de salvação se dá por meio da tomada de consciência do Uno como microcosmos, sentando o "Rei em seu Trono" (a Presença Divina ) no centro da vida. De novo, temos uma doutrina que afirma a Natureza e Corpo e está dedicada à realização do macrocosmo no microcosmo. A idéia esotérica de Israel é também uma idéia hermética: a de que os judeus estão chamados a dar testemunho da ordem divina na Terra. Em igual ao Hermetismo, a Terra, incluindo o corpo humano, está plena de influências celestes, motivo pelo qual a forma de vida judia está projetada para assegurar que toda ação congregue um significado espiritual.

Em Bizâncio, o Corpus Hermeticum foi preservado pela escola de Pselos sob a bandeira do neoplatonismo e assim passou à Itália ganhando um novo ímpeto. A tradução latina de Marsilio Ficino foi apresentada a Cosme de Medici en 1463 e no século e meio seguinte marcou o mundo intelectual. A idéia de que Deus havia falado não apenas aos judeus mas também aos pagãos conduziu, em círculos seletos, à renovação de um sentido religioso universal, como o que existiu pela última vez sob o Império Romano. O Hermetismo serviu como campo neutro tanto a protestantes quanto a católicos. O Hermetismo, ou a busca da alquimia e das outras ciências ocultas, às quais ele provê o suporte intelectual, floresceu como nunca o fez antes.

Por ser essencialmente um ensino cosmológico e prático, em lugar de uma teologia, o Hermetismo pode coexistir com quaisquer das religiões abraâmicas. Seu antecedente histórico, contrário ao das anteriores, está livre de intolerância e derramamento de sangue. A forma de vida hermética, que é ciência, contemplação e autorrefinamento não entra em conflito com a fé ou as práticas religiosas. Por estas razões, o terreno hermético é um lugar de confluência ideal para os cristãos, judeus, muçulmanos e para aqueles de outras religiões ou de nenhuma. Oferece uma análise da condição humana dentro do cosmos e uma variedade de métodos para fazer o melhor uso desta condição.

A Maçonaria tem sido a criação mais duradoura da Tradição Hermética no Ocidente, levando-a através da era do ceticismo e do cientificismo (positivismo de Comte). O simbolismo maçônico é totalmente hermético, ainda que não seja totalmente egípcio. A imagem do Grande Arquiteto do Universo formando aos homens como pedras em estado bruto a serem lapidadas até serem blocos perfeitos do Templo Cósmico remonta-se ao Demiurgos de Platão (não confundí-lo com o enganoso Demiurgo do Gnosticismo). As etapas de iniciação estão, como os passos da ascensão hermética, plenas de simbolismo planetário. A regra que evita toda discussão religiosa na Loja elimina um dos principais obstáculos para a irmanação dos homens: a discórdia sectária.

Na atualidade, a religiões abraâmicas ocupam-se de temas verdadeiramente não-herméticos, em que pese a Maçonaria, geralmente, não ser mais do que uma ordem fraternal. De certa forma, isto tem sido vantajoso para a Tradição Hermética que agora não tem mais porque ficar atrelada a outras instituições. De fato, erigiu a sua própria igreja, desenvolvendo seu lado mais esotérico, como o movimento new age. Um repasse na história confirma o diagnóstico. Da mesma forma que o Hermetismo do Renascimento esperava restaurar a paz ao mundo cristão e a sensatez á humanidade em guerra, o movimento new age é ecumênico, mas não dogmático ou pacifista. Como os alquimistas, que acreditavam que toda matéria está em vias de se transformar em ouro, os new agers dedicam-se à transformação pessoal em à realização do potencial latente de cada um. As ciências ocultas florescem permitindo suas formas mais superficiais nos sistemas ded adivinhação (Tarot, Runas, I Ching), a Astrologia, a Ciência das Plantas (a medicina das ervas) e Pedras (Cristais)l. Assim como Paracelso percorreu a Europa conversando com lenhadores e mulheres sábias, os new agers buscam e valorizam a sabedoria dos indígenas. E a festa que está programada para a Noite de Ano Novo de 1999, na Pirâmide de Giza, será uma forma simbólica de dizer que a Tradição Hermética voltou para casa.

Como toda manifestação esotérica, o new age possui seus aspectos infelizes. Porém em seu pior aspecto, é mais confuso do que mau e para um observador extraterrestre pareceria a mais humana e ecológica de nossas religiões. Ademais, oferece saídas que não estão seladas por dogmas ou autoridade religiosa, por meio das quais uns pouco auto-escolhidos poderiam passar a aprender uma sabedoria mais profunda.

Fonte: Origens do Conhecimento de Nostradamus

sábado, 18 de abril de 2009

Como o RPG arruinou minha vida

O post de hoje é um texto interessante que surgiu de uma conversa com algumas pessoas que se dizem inteligentes aqui em Palmas. Sem dúvida elas têm razão em dizer os argumentos de que o Rpg é maléfico, que o Rpg incita violência, que o Rpg isso, que o Rpg aquilo só pq eles são "mestres" ou "doutores" no que eles estudaram a vida inteira para ser e, por isso, suas opiniões têm de ser encaradas como "verdade absoluta". Em vista disso, eu posto ess texto um pouco exagerado sobre como o Rpg teria sido ruim na minha vida. Se souberem a fonte, me informem. Espero que reflitam com este texto.

Como o RPG arruinou minha vida.

Já que é apenas isso que os preconceituosos aceitam como verdade, vamos lá. Contarei aqui em algumas linhas como esse jogo arruinou minha vida.

- O RPG Arruinou meus Estudos ...

terça-feira, 14 de abril de 2009

Extraindo as músicas do World of Warcraft

Olá pessoal! Bom, eu acredito que não seja só eu que tenha tido esse problema mas, quando comecei a jogar World of Warcraft, eu gostei demais das músicas de vários lugares (entre eles, Thunder Bluff, Mulgore e Ogrimar). No entanto, eu não queria ficar só no jogo ouvindo e sempre procurei uma forma de se extrair os audios do jogo. Como não havia mais um World Editor como havia no Warcraft RoC e TFT, eu parti pra procurar ferramentas que fizessem isso. Não as achei, claro. Então acabei baixando a trilha sonora oficial mesmo.

Não que ela fosse ruim, mas ela só têm partes das músicas, como Thunder Bluff, que têm as músicas de Mulgore e da cidade misturadas, e não era isso que eu queria. Queria elas na íntegra ...

Mas tudo mudou quando eu achei um programa que fazia a extração dos arquivos de Audio, e aqui eu posto para vocês como fazer. Espero que gostem da dica!

Extraindo as músicas do World of Warcraft

sábado, 11 de abril de 2009

TurboGears, Django e Plone - Frameworks Web em Python

Assim como o autor do post de onde eu tirei essas informações, nesse feriado resolvi dedicar um tempo para testar os frameworks de desenvolvimento Web disponíveis em Python, já me preparando para fazer meu TCC do meu curso de Sistemas para Internet. Para essa tarefa escolhi os 3 frameworks mais usados atualmente: TurboGears, Django e Zope/Plone (o Plone não é um framework, mas vou tratá-lo assim para simplificar o texto).

Eu já conhecia um pouco esses frameworks e até já tinha um preferido (TurboGears) e um outro com o qual já tinha um certo preconceito (Zope/Plone). O preconceito com o Zope/Plone nasceu com outras tentativas de aprender a usá-lo, por indicação de um amigo gaucho que morava em Cuiabá e agora está em Porto Alegre de novo.

Acompanhem o comparativo. Apesar de não ter feito os testes da forma como o autor do texto desenvolveu, eu me decepcionei um pouco com o TurboGears e passei a ver com outros olhos o Django, principalmente depois que passei a me aprofundar um pouco mais nele.

O texto completo está no blog Pythonologia, sob o título "Turbogears, Django e Plone", postado por Osvaldo Santana.

Há também uma outra fonte, que compara o Django com o Turbo Gears, intitulado "A Brief Django/TurboGears Comparison".

Abração.

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Passos para se dar bem na sua carreira

Pessoal, agora que as coisas estão amainando se acalmando por aqui, estou retomando um pouco das atividades do blog. Alguns podem ainda estar meio traumatizados por terem tido a curiosidade de ver o post anterior, por isso resolvi postar algo mais leve hoje, para vocês relaxarem. Leiam agora um e-mail mandado por um amigo meu (Adelir Robocop), com uma dica sobre como progredir no seu trabalho e na carreira ...

Nas grandes empresas rola o que eles chamam de CARREIRA EM "Y". Uma carreira alternativa para quem quer continuar crescendo profissionalmente e financeiramente sem ir para a área administrativa, pois não é o seu perfil ou, simplesmente, não gosta.

Apresentamos aqui a carreira de analista de sistemas nos novos moldes. O indivíduo começa como Analista 1 e pode chegara ser Analista 8:

Analistas 1

São comumente conhecidos como Analistas Baby, ou seja, um pouco mais que estagiários e é condição necessária para vocês virarem Analistas 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8:




Analistas 2 e 3

Faça o seu dever, cumpra seus prazos, fique algumas vezes depois do horário, faça cursos de aperfeiçoamento, seja sociável e trabalhe em equipe. É necessário destruir plantações de pepinos (pepino = problema).

Noções de Inglês Técnico.
Exemplo: Humanos normais

Analistas 4

Idem ao anterior + Matar um leão por dia (leão = um grande problema), com uma carga horária de 12 horas diárias. Ser responsável por 30% a administração de uma rede pequena tipo 700 usuários.

Inglês, espanhol e Visual Basic obrigatórios + 1 linguagem desejável.
Exemplo: Fodões

Analistas 5

Idem ao anterior + Um dragão por semana (dragão = é um problema enorme), com uma carga horária diária de 16 horas, sem feriados. Ser responsável por 40% da administração de uma rede do tipo 6.000 usuários.

Inglês, francês, japonês, espanhol, VB e C++ obrigatórios.
Exemplo: Mister M, David Coperfield, Padre Quevedo, Chronos, Thomas Green Morton (Rá!).

Analistas 6

Idem aos anteriores, só que, mata-se 1 leão por hora, um dragão por dia, um ALIEN por semana (ALIEN = é um problema do outro mundo) e mais uma área equivalente a meio globo terrestre em plantações de pepino. Carga horária diária de 20 horas. Ser responsável por 75% da administração de uma rede de 2.500 usuários e 30% de todos os projetos internos de tecnologia.

Inglês, francês, alemão, japonês, espanhol, aramaico, latim, mandarim, vietnamita, VB, C++, ASP, PHP, DHTML, Cobol obrigatórios.

Exemplo: Criaturas Mitológicas, gnomos, NINJAS com o poder dos 9 cortes. Obs. Assim como os NINJAS, somente um Analista 6 pode matar um Analista 6.

Analistas 7

Idem aos anteriores, só que, os leões e dragões fogem de você. Você terá que caçá-los em outras dimensões e planetas. Uma área equivalente a uma estrela classe 5 (Sol) em plantações de pepino e três ALIENS e um PREDADOR por dia (PREDADOR = é um problema impossível de ser resolvido, exemplo, fazer um corpo com massa m viajar com velocidade acima da velocidade da luz). Carga horária diária de 25 horas. Ser responsável por 100% da administração de uma rede de 6 milhões de usuários
usuários e 60% de todos os projetos internos de tecnologia.

Inglês, francês, alemão, japonês, italiano, espanhol, aramaico, latim, mandarim, vietnamita, BORG, Klingon, pascal, fortran, C#, ASP, JAVA, XML, EasyTrieve, IMS/DC, Telon e todas as 5 milhões de línguas e dialetos que o C3PO fala no filme Star Wars, obrigatórios.

Exemplo: Mago Merlin, JEDIs como Luke Skywalker e Obi-Wan Kenobi, Mestre Yoda (daí o nome de carreira em Y), Darth Maul, Jaspion e Changeman, SPECTROMAN.

Não desanime, conseguir você irá, um Analista 7 você será.
Grande poder tem o lado negro ADMINISTRATIVO da FORÇA.

Você também terá que ser um HIGHLANDER, pois só com uma vida eterna você terá tempo para atingir este cargo, mas não se esqueça que só pode haver um, e não deixe que nenhum outro Analista 7 corte sua cabeça.

Analistas 8

É o cargo máximo no UNIVERSO e você será considerado como o mestre dos elementos. Você terá o poder sobre a vida e a morte dos seres, logo você não precisa mais matá-los, você apenas deseja que os problemas se resolvam ou cria novas leis físicas no universo para que isso aconteça. E você irá perdoar a todos. Você será onisciente, onipresente e onipotente. Carga horária diária indefinida, para você o tempo e o espaço já não existem. Ser responsável por 100% dos projetos e 100% da área de tecnologia de uma empresa de 300 bilhões usuários, em 7 dias.

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Travando a gravação no pen drive

Vai colocar o pen drive numa máquina não confiável? É recomendável travar o disco USB para gravação antes disso. A forma mais fácil de fazer isso é mexer no registo do Windows no PC que receberá o pen drive. Abra o bloco de notas e grave o seguinte texto com o nome de arquivo TravaPenDrive.reg:
Windows Registry Editor Version 5.00

[HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\Control\StorageDevicePolicies]
"WriteProtect"=dword:00000001

Depois, crie outro arquivo, como o nome DestravaPenDrive.reg, e o texto:
Windows Registry Editor Version 5.00

[HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\Control\StorageDevicePolicies]
"WriteProtect"=dword:00000000

sábado, 4 de abril de 2009

Gods of Football - Deuses do Futebol Australiano

Bom pessoal, raramente eu comento sobre futebol, mas não podia deixar de comentar sobre esse assunto que tanto é falado em nossa mídia brasileira.

No entanto, o que eu venho falar não é sobre partidas, times, pontuações e sim sobre jogadores. E mais ainda, não são sobre jogadores brasileiros nem de futebol à lá Pelé. O post de hoje é sobre um belo calendário chamado "Gods of Football", feito por Pedro Virgil.

Já vou avisando que o conteúdo pode não ser do seu agrado. Então só continue se você realmente tiver interesse...




Continuando...

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Sobre Primeiro de Abril

E aí, descobriram quais são as notícias verdadeiras e quais são as falsas? Bom, vou adiantar pra vcs. Algumas tavam até fáceis de descobrir que eram mentira, mas outras não. Então tou mandando a relação e suas correspondentes:

Cães pensam que são gente - Falsa;
Regulamentação da profissão de Ex-mulher - Falsa;
Nado Sincronizado no Escritório - Verdadeira;
Pensador prova que pensar é inútil - Falsa;
Gene do Pavão - Falsa;
Égua alérgica a grama - Verdadeira;
Chip de Grafeno à 1THz - Verdadeira.

Como tudo nesse dia, a premiação também foi uma mentirinha pequenininha hehehe. Agora vamos falar um pouco sobre a história da brincadeira.

Tudo começou em 1564, quando Carlos IX, rei de França, por conta da adoção do calendário Gregoriano, determinou que o ano começaria no dia primeiro de janeiro, sendo seguido por outros países da Europa. É claro que, no início, a confusão foi geral, uma vez que os meios de comunicação ainda eram inexistentes. Não havia rádio, televisão, nem mesmo o jornal, pois a invenção da imprensa, por Gutenberg, só aconteceu muitos anos depois...


Antes de Carlos IX determinar que o dia primeiro de janeiro fosse o começo do ano, este tinha início no dia primeiro de abril, o que levou o dia a ficar conhecido como Dia da Mentira, por força das brincadeiras feitas com a intenção de pegar os bobos.

Surgiram, então, as brincadeiras (que os franceses denominavam de plaisanteries) em todo o mundo, onde gozadores passaram a ridicularizar aqueles que ainda seguiam o antigo calendário, a enviar presentes esquisitos e convites para festas que não existiam.

Seria muito simples se fossem só estas as brincadeiras referentes ao primeiro de abril. Até mesmo eram distribuídas cartas convidando amigos para assistirem ao enlace matrimonial de pessoas que nem sequer se conheciam, mencionando a igreja, o dia e a hora em que seria celebrado o suposto casamento.

Vejamos alguns primeiros de abril pregados pela imprensa mundial, conforme relata a revista Isto é, de São Paulo, n11 1488, edição de 8 de abril de 1998: 1) "A África do Sul comprou Moçambique por US$ 10 bilhões. 0 anúncio do negócio fora feito na Organização das Nações Unidas pelo presidente sul-africano Nelson Mandela. Deu no jornal Star, de Johannesburgo; 2) A Rádio Medi, de Tânger, no Marrocos, noticiou que o Brasil não iria participar da Copa do Mundo porque o dinheiro da seleção seria usado na luta contra o incêndio em Roraima; 3) A minúscula república russa Djortostão declarou guerra ao Vaticano. Motivo: arrebatar o título de menor Estado da Europa. Paratanto, ele teria doado seis metros quadrados de seu território a uma república vizinha. Isso tudo de acordo com o jornal Moscou Times,, 4) Diego Maradona, ex-capitão da seleção argentina de futebol, é o novo técnico da seleção do Vietnã. Deu nos principais jornais vietnamitas; 5) Ao deixar o Senegal, o presidente americano Bill Clinton seria acompanhado de uma comitiva formada pelos primeiros 50 senegaleses que fossem à embaixada para pedir visto de entrada nos EUA. Assim informou o jornal Le Soleil, do Senegal. Centenas de senegaleses acreditaram na mentira e correram para a embaixada americana."

Noticiando o falecimento de Maurício Fruet, ex-prefeito de Curitiba e ex-deputado federal, a revista Isto é, São Paulo, nº 1510, edição de 9 de setembro de 1998, informou que ele "era considerado o parlamentar mais brincalhão e espirituoso que passara pela Câmara dos Deputados. Um exemplo: convocou uma falsa reunião de todo o secretariado do então governador coberto Requião no dia 1º de abril de 1990 (havia 15 dias que Requião tomara posse). Os Secretários, sem entender nada, passara m toda a madrugada no Palácio Iguaçu. De manhã, Fruet fez chegar a informação de que era um trote do Dia da, Mentira."

Tudo faz crer que as brincadeiras, originárias das plaisanteries francesas, continuarão sempre a existir, graças à eternidade das manifestações folclóricas no mundo inteiro.

Fonte:
Wikipédia
Chips de Grafeno à 1THz
Égua alérgica a Grama
Nado Sincronizado no Escritório

Como as outras são mentiras, não existem referências à elas né?

Espero que tenham gostado da brincadeira! E felix 2 de abril para todos !!

Chip de grafeno pode chegar a 1 THz

Cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) acreditam que os processadores feitos com grafeno podem atingir a frequência de 1 THz.

Para se ter uma ideia, os chips atuais chegam a, no máximo, 5 GHz. Segundo os pesquisadores que estão trabalhando com o componente, é possível que a nova tecnologia vá para o mercado nos próximos dois anos.


O grafeno é um composto de átomos de carbono unidos em pedaços que se parecem colmeias. Identificado em 2004, o material tem capacidade de conduzir muita eletricidade e gerar um nível de calor praticamente desprezível. Sua espessura não é maior que a de um átomo.

Os cientistas explicam que a multiplicação de clocks dos processadores atuais gera ruído de sinal. Por isso, é necessário usar filtros que acabam limitando a velocidade do chip. O grafeno usa apenas um transistor com saída limpa, eliminando a necessidade de filtros.

A tecnologia será colocada em discussão no próximo mês, quando acontecerá nos Estados Unidos o simpósio científico Electron Device Letters.

Égua usa proteção porque é alérgica a grama

Égua chamada Pandora usa uma proteção de alta tecnologia. Contato com a grama pode dificultar a respiração do animal.

A britânica Emily Pearce, de 24 anos, que mora em Henley-on-Thames (Reino Unido), disse que sua égua precisa usar uma proteção especial, pois possui uma alergia incomum para a espécie: Pandora é alérgica a grama, segundo o jornal inglês "Daily Mail".


De acordo com a reportagem, a égua usa uma proteção de alta tecnologia porque o contato com a grama pode causar furúnculos dolorosos e dificultar a respiração do animal.

Pandora também usa uma máscara que custa 50 libras. Embora a proteção cubra os olhos, o material é tão fino que a égua consegue ver através dele. A auxiliar de veterinária Emily Pearce comprou o animal em 2007 por 2.600 libras.

O veterinário Peter Fenton disse que ele conhece apenas dois outros casos de cavalos que têm alergia a grama, mas nenhum deles apresenta a mesma gravidade de Pandora.

Gene encontrado no Pavao explica algumas atitudes em Humanos

O sequenciamento do código genético humano traz mais uma surpreendente revelação: Os genes do pavão podem ser encontrados também em certos humanos. Estes genes trazem grandes aberrações comportamentais, tornando o portador prepotente, imbecil, esquisitão e exibicionista.

Na falta das coloridas penas traseiras, este "gene pavonídius" leva o ser humano a se exibir falando de forma aristocrática, fazendo poses cinematográficas, trejeitos e repetindo citações, ou expressões em inglês. Adora aparecer em coluna social e posar como celebridade, mas quando tem surtos autoritários é só pena que voa.


Nas pesquisas, divulgadas pela revista Nature, os cientistas explicam que vários genes de animais se misturaram aos genes humanos na longa evolução biológica. Isso explica o comportamento de certos humanos, principalmente os desumanos. O gene do Pavão, que abre as asas ao se axibir para os parceiros e para querer parecer forte aos demais, tem idêntico objetivo, quando presente em humanos.

Consciente no íntimo de sua insignificância aviária, o "homo pavonídius asnídius" compensa a própria nulidade querendo parecer aos demais poderoso, valentão e astuto. Com isso até chegam a ter algum destaque ilusório e temporário, apesar de sempre virarem piada nos corredores.

Por isso os psicólogos finalizam lembrando a famosa frase de Abraham Lincoln: "Uma mula pode enganar a todos algumas vezes; um asno pode até enganar a alguns o tempo todo; mas nenhum pavão pode enganar a todos o tempo todo."

Pensador prova que pensar eh Inútil

Pensar é uma grande perda de tempo e as pessoas nem deveriam pensar nisso. É o que prova um novo estudo do famoso psicologo, Anthony Justus, que nas horas vagas também é pensador. Ele diz que as pessoas perdem o sono pensando em mil problemas e soluções. Porém esquecem tudo o que pensaram logo no dia seguinte: "Se você vai esquecer o que pensou, para que pensar sobre aquilo que vai esquecer? Não perca tempo e nem pense mais. Olhai para o gado no campo... eles não pensam e nem se preocupam. E são felizes da vida pastando, pelo menos enquando estão vivos" afirma Justus.

A grande prova de que pensar é apenas uma anomalia da evolução biológica está no fato que as novas gerações já estão nascendo sem esta habilidade. A incapacidade de analisar o noticiário e eleger representantes capazes e honestos é o principal sintoma. Além disso tem crescido a massa que é facilmente manipulada pela televisão e tem nas novelas a sua principal formação cultural. A pesquisa foi publicada pela revista Psicologia Moderna.


O psicólogo tem outra conclusão contundente: "Renée Descartes erra gravemente quando afirma: 'Penso, logo existo'. Na verdade quem pensa não existe, e sim perde seu tempo, já que esquecerá o que pensou depois. E o tempo perdido é comprovadamente inexistente. E o próprio Descartes, criador do método cartesiano de pensamento lógico, deixou de existir justamente por pensar. Convidado pela rainha Cristina da suécia para ser o seu pensador, morreu de pneumonia em 1650 porque tinha que estar acordado diariamente às cinco da manhã, no maior frio, para pensar junto com a desmiolada monarca.

Todas as formas de pensamento como passar raíva, sentir medo ou se preocupar não passam de uma grande perda de tempo. Tudo o que você sentir ou pensar será esquecido antes que você possa dizer Pindamonhangaba. Logo você perde sua vida analisando detalhadamente coisas que logo esquecerá depois, acrescenta o pesquisador.

O Dr. Justus diz que o melhor exemplo nos é dado por certos políticos: Flagrados, fotografados, filmados e totalmente envolvidos com dólares até na cueca, eles sabem esquecer hoje o que fizeram ontem e dizem que não sabiam de nada. E voltam a fazer amanhã o que negaram hoje. E ganham as eleições e ainda são reeleitos e glorificados. Finalizando, diz Ameba, este é o melhor caminho apontado pela ciência para viver bem: Deixe imediatamente de pensar. E se pensar, esqueça o que pensou.

Russas protagonizam nado sincronizado no escritório

Clipe foi filmado secretamente durante uma pausa para o almoço.
Desempenho 'perfeito' valeu um prêmio na web de mais de R$ 11 mil.



Para combater o estresse, executivas russas têm praticado uma espécie de nado sincronizado fora d’água, segundo o jornal inglês 'The Mirror'. A equipe, que trabalha em uma empresa de arquitetos, ganhou uma disputa on-line envolvendo outras equipes. (Foto: Reprodução do YouTube)


Como prêmio, faturaram 3.500 libras, mais de R$ 11 mil. O clipe foi filmado durante uma pausa para o almoço.



Abertura da performance das russas. (Foto: Reprodução/YouTube)

Regulamentada a profissão de Ex-mulher

Já está regulamentada uma nova profissão no Brasil. É a atividade informal de ex-mulher, agora reconhecida por lei. Economistas prevêm que, com isso, o governo atende a uma velha reivindicação da categoria, dando ainda uma grande injeção mensal de dinheiro na economia, além de uma injeção letal nos ex-maridos.


A vitória das ex-mulheres veio depois de grandes pressões e pensões sobre os parlamentares. Com o apoio de advogados que exploram o ramo, hoje a categoria das ex-mulheres está com o poder aquisitivo em progressão geométrica.

Para muitas delas as pensões viraram um sistema privado de aposentadoria generosa e vitalícia. Já os ex-maridos estão recorrendo ao programa bolsa família do governo para poder sobreviver.

Um ex-marido declarou à este que elfo vos escreve que aprendeu uma grande lição: Você nunca pode dizer que conhece bem uma mulher antes de enfrentá-la diante de um juiz. E lançou uma campanha de conscientização com o lema: "Ex-mulher: você ainda vai ter uma".

Entenda como funciona: Você fica bobo e casa. Quando percebe que além de bobo, também está ficando maluco, você se separa. Ela diz que o amor acabou, mas que continua perdidamente apaixonada pelo seu dinheiro. Depois de achar virgulas e asteriscos em leis protecionistas, ela consegue uma mega-pensão mensal que você terá que pagar. Ela vai morar numa mansão com a pensão. E você vai morar numa pensão sem um tostão. E sua pensão vai parar na mão de Ricardões e gigolôs espertalhões.

Brincadeira pra Primeiro de Abril ...

Bom dia pessoal! Ultimamente vcs têm visto que o blog está sendo atualizado menos vezes na semana? Então, meu trabalho anda exigindo muito de mim, minha nova faculdade tb e meus finais de semana estão mais requisitados que o habitual, e tudo isso anda influenciando minha criatividade e meu tempo pra buscar material na internet. No entanto, não podia deixar passar um dia como o de Hoje.

Eu não tenho a cultura de brincar de Primeiro de Abril não, mas esse ano eu tive uma idéia interessante, e vou compartilhar ela com vocês. O que eu vou fazer é algo diferente. Em vez de postar uma notícia falsa, eu vou postar várias notícias em meu blog e várias delas serão verdadeiras e outras ainda serão falsas. Não é muito melhor assim? Eu tava pensando em premiar quem descobrisse as notícias verdadeiras, mas como meu cash anda curto (e o blog não me monetiza), vou deixar assim mesmo. Mesmo assim, espero que gostem da brincadeira.

Bom, nosso primeiro post de hoje é sobre uma história interessante que achei na internet há alguns dias. Um estudo diz que os cães pensam como gente, e foram a inspiração para que fosse escrito o livro "Marley e Eu", que trata justamente sobre a relação de uma pessoa com seu cão. Lá vai a notícia...