sexta-feira, 28 de novembro de 2008

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Sobre Notebooks e Baterias

Eu tenho um pensamento bem simples: “A necessidade faz o homem!”

Veja, tudo no mundo é feito por necessidade. O homem criou a roda por necessidade de carregar coisas de forma fácil. Inventou a calculadora para facilitar e agilizar os cálculos que eram tediosos e muitas vezes errôneos. Enfim, tudo foi inventado para suprir uma necessidade …

Eu tenho um costume - errado e que não incentivo a ninguém - de estudar por necessidade. Quase tudo que eu aprendo é por necessidade. Tem algumas exceções mais são tão raras que é difícil de enumerar.

Ocorreu que nesta semana um episódio me forçou a estudar. A bateria de meu notebook (diga-se de passagem, um HP DV6120BR que é uma Bomba) resolveu morrer e não mais carregar, sem mais nem menos, após me servir por mais de uma hora a fio, ela parou e não voltou mais.

Devido a essa necessidade, procurei estudar como funcionam as baterias de notebooks. Acabei “descobrindo” que essas baterias não são meramente células de energia e sim algo mais complexo.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Sobre Automóveis e Economia de Combustível

Recebi essa notícia por e-mail hoje e achei interessante postá-la, pois é uma das grandes dificuldades hoje, saber o quão eficiente é um veículo em comparação com outros, de outras marcas. Deu bastante certo com eletrodomésticos, então acredito que tb dará muito bem com veículos automotores. Confira a notícia.

Selo para uma compra eficiente

Depois de anos de atraso, o Brasil vai adotar selos de eficiência em seus veículos. O Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular criou um selo, para a eficiência dos carros em relação ao consumo de combustível, que pode ajudar na hora da escolha de compra de um veículo. Esse tipo de etiqueta existe nos Estados Unidos desde 1975 e na União Européia desde 1998.

A foto ao lado é um modelo de como será o selo, no caso de um carro flex. Ele mostra a eficiência do veículo de acordo com seu modelo, com gasolina e álcool, rodando na cidade ou na estrada.


Os carros serão classificados entre A (melhor eficiência) e E (pior). Mozart Schmitt de Queiroz, gerente executivo de Desenvolvimento Energético da Petrobrás, explicou ao Blog do Planeta que o selo foi inspirado no usado em eletrodomésticos, que está mostrando sucesso. "Assim como deu certo para os eletrodomésticos, pode dar para os carros. A população já está aprendendo a selecionar os produtos mais eficientes. Ganha tanto o consumidor quanto o meio ambiente, já que melhor eficiência significa menos gás carbônico emitido na atmosfera" diz.

Depois que os eletrodomésticos receberam os selos, a eficiência deles em média aumentou. Mozart acredita que o mesmo possa acontecer com os carros. Ele exemplifica com o caso dos fogões que tiveram aumento de eficiência de 20%. "Os anúncios da indústria automobilística falam sempre de conforto, mas não de eficiência. Parece que eficiência não é um fator de concorrência ainda. Mas a população está pensando cada vez mais nela, principalmente com a alta dos preços do petróleo".

Por enquanto o selo é voluntário para as montadoras que desejarem usá-lo. Mozart acredita que o interesse dos consumidores pode levar a um maior grau de adesão. Os carros com o selo poderão ser encontrados no mercado em abril de 2009.

Fonte: http://colunas.epoca.globo.com/planeta/2008/11/11/selo-para-uma-compra-eficiente/

sábado, 22 de novembro de 2008

Gmail, agora com Temas (Skins)

O Gmail, para muitos é sem sombras de dúvida o melhor webmail da atualidade, foi uma das aplicações web que ajudou a impulsionar o crescimento da Web 2.0. Bem diferente dos webmails tradicionais o gmail inovou incluindo ricos recursos em Ajax e Json e também uma nova maneira de gerenciar os e-mails atribuindo a eles marcadores ao invés de pastas. Eu prefiro muito mais a classificação por etiquetas à pastas. Mas mesmo com todas estas inovações algo ainda incomoda a maior parte dos usuários que é ausência de temas.

Agora o Google inova mais uma vez e agora começa a implementar mais um dos milhares de recursos que eles já disponibilizam em outros serviços. E quem ganha esse upgrade agoraé o Gmail. Agora os usuários poderão escolher os temas que irão utilizar para ver seus e-mails, parecido com o que acontece hoje com o iGoogle. vale lembrar que normalmente são disponibilizadas as novidades para os usuários com o idioma em inglês. Para saber se sua conta já possui os novos temas é só acessar o “Gmail Labs” ao lado do link de configurações...


A nova opção aparece no menu configurações do Gmail, a direita da opção Labs. Se você não vê um guia Temas em suas configurações, você não está louco ou vendo coisas. O Google tem uma tendência de implantação de novas funcionalidades em fases, com alguns usuários a obter a atualização antes de outros - isto ocorre com muita frequência no Orkut.

Se vocês ficaram curiosos, podem observar algumas imagens das novas skins do Gmail e uma imagem do meu Gmail personalizado, com mais algumas opções do Labs habilitadas. Uma coisa vos digo. Clientes Desktop, nunca mais !!



quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Dia da Consciência Negra

Bom dia pessoal.

Hoje eu resolvi fazer um post especial, porque o dia merece. em alguns estados do brasil foi instituído feriado nesse dia, em outros não. No entanto, não é a questão da data (ou feriado) que importa, mas o sentido por trás da comemoração. Hoje é comemorado o Dia da Consciência Negra.

Primeiramente, por que um dia da consciência negra? A data, ligada à destruição do quilombo dos Palmares e à morte de Zumbi, vem crescendo e substituindo o 13 de maio, dia da abolição da escravatura, considerado pelos historiadores como uma imposição britânica. O 20 de novembro, portanto, “fala” mais alto aos negros.

Vamos discutir um pouco mais essa idéia...

Último país a abolir o trabalho escravo, o Brasil definiu recentemente dedicar o dia 20 de novembro à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade. A data foi escolhida em homenagem a Zumbi, grande guerreiro do Quilombo dos Palmares, o mais emblemático dos quilombos que marcaram a história deste país. Localizado na Serra da Barriga, hoje estado de Alagoas, este núcleo de resistência à escravidão durou mais de um século e chegou a ter cerca de 20 mil pessoas.

A prosperidade de Palmares chamou a atenção do Governo Colonial, o qual, para destruí-lo, realizou dezoito expedições armadas. O insucesso das forças repressoras locais motivou o Governador Português de Pernambuco, Caetano de Melo e Castro, a contratar o serviço do famigerado bandeirante Domingos Jorge Velho e o Capitão-Mór Bernardo Vieira de Melo. Em janeiro de 1694, com uma bandeira de seis mil homens armados, inclusive, com artilharia, eles iniciaram a empreitada e mataram Zumbi, numa emboscada, no dia 20 de novembro de 1695. Palmares e Zumbi transformaram-se em símbolo da resistência dos afrodescendentes à escravatura, confirmando a crença dos negros daquela época sobre a imortalidade do seu líder. A carta do Governador de Pernambuco ao Rei de Portugal, escrita em 14 de março de 1696, expressa bem as razões deste simbolismo e justifica a homenagem prestada a Zumbi: “Determinei que pusessem sua cabeça em um poste no lugar mais público desta praça, para satisfazer os ofendidos e justamente queixosos e atemorizar os negros que supersticiosamente julgavam Zumbi um imortal, para que entendessem que esta empresa acabava de todo com os Palmares.”

Passado mais de um século da abolição, na década de 70, o mês de novembro tornou-se referência para as pessoas e as organizações do Movimento Negro, substituindo os festejos do dia 13 de Maio, data comemorativa da abolição da escravatura no Brasil, quando foi assinada a Lei Áurea, pela Princesa Isabel, em 1888. Os eventos que marcam o dia 20 de novembro são educativos ou reivindicativos, visando à igualdade racial. As atividades tratam de um conjunto de questões relativas aos problemas enfrentados pela população afrobrasileira: inserção do negro no mercado de trabalho, cotas universitárias, discriminação e violência por parte da polícia, moda e beleza negra, identificação de etnias, valorização dos quilombolas e apoio à regularização de seus territórios, etc.

Muitos não concordam com essa data, muito menos com sua transformação em feriado em estados e muitas cidades. Minha opinião é diferente. Acho que, só pelo que o negro passou na escravidão, já se justificaria essa lembrança. Como forma de celebrar sua importância na construção desse país e repararmos as atrocidades praticadas. Mas não é só passado. Ainda hoje os (agora chamados) afrodescendentes são vítimas de discriminação. São notícias nesta terça, por exemplo, pesquisas apontando que as principais causas de morte de negros no Brasil são externas, como homicídios, enquanto as de brancos são doenças. Também se revelou a menor escolaridade que reflete numa menor ocupação em cargos de direção. Então se faz necessário analisar essa realidade e buscar meios de superá-la.

Leia mais em "Consciência Negra: uma frase composta de duas palavras plenas de Significados" no Blog Controvérsia.

Por tudo isso, a nomenclatura também me parece adequada. Hoje é dia de se expurgar qualquer baixa estima, ainda existente, de que negro seja uma espécie de segunda categoria, menos inteligente ou trabalhador. É dia de valorizar a maneira negra de ser: expansiva, alegre, criativa, forte! Isso é importante não só para quem é negro, mas para toda nossa sociedade. 35% de nossos trabalhadores são negros e podem e precisam oferecer mais, se expressar mais, assumir um lugar de maior destaque.

Diante desses e outros desafios, um dia de mobilização me parece inevitável. Se ele deveria ou não ser dia de folga é outra questão. Ter três feriados em novembro parece mesmo demais. Hoje, durante a semana ou no próximo final de semana, o que vale é a discussão sobre o assunto em seminários, encenações e manifestações culturais.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Tipos Psicológicos de Carl Jung

Eu confesso não saber até que ponto as idéias de Jung são válidas enquanto estudo piscológico, mas não posso deixar de registrar o quanto eu me sinto atraído por suas diversas teorias e explicações como idéias. Sabe aquelas coisas que você diz “que idéia interessante”. Não me importo então, com a validade disso, mas com a diversão que isso pode me conferir.

Fazendo o teste...

Em português basta clicar aqui. É necessário fazer um cadastro simples.

Em inglês há vários. Com este e este.

Entendendo os tipos psicológicos

teoria dos tipos junguianos recebeu na década de 40 contribuições de Isabel Myers e Katharine Briggs ao criarem a primeira versão do inventário MBTI - Myers Brigss Type Indicator, que identifica 16 tipos psicológicos.

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Instrumentos da Wicca

Na Wicca, nós utilizamos uma série de instrumentos mágicos para realizar os nossos rituais e feitiços. Cada instrumento possui um simbolismo próprio – reforçado pelo seu uso por parte de tantos bruxos – que forma uma egrégora muito poderosa. O simbolismo ajuda o wiccan a acessar o seu inconsciente, que não funciona de uma forma linear e analítica, como faz o consciente. Acessar o próprio inconsciente é de suma importância para o wiccan, pois é através dele que o wiccan realizará a sua magia, o seu ritual. O uso correto do simbolismo irá acarretar numa série de eventos que terão um determinado resultado, de forma que quem se utilizar dele deverá compreendê-lo perfeitamente. Abaixo, o uso e simbolismo de cada instrumento será apresentado sucintamente.

Mas antes é preciso fazer uma observação essencial: nenhum instrumento possui poder por si só. Quem tem o poder é a pessoa que o usa. É necessário portanto, ter intimidade com o instrumento, conhecê-lo e saber como utilizá-lo adequadamente. Todo bruxo deve confiar mais em seu próprio poder usando-o adequadamente com o poder dos seus instrumentos. Na realidade, não há necessidade real de se usar esses instrumentos para nenhum rito. Eles são apenas auxiliares para o bruxo se concentrar no seu intento. A mola propulsora é você mesmo. O ideal é chegar no ponto em que se é capaz de realizar a magia apenas com o poder da mente. Mas, ritualisticamente, os instrumentos agregam riqueza a um ritual e nos auxiliam a incorporar a nossa personalidade mágicka com os elementos e Deuses.


Os instrumentos não possuem energia própria, embora se carreguem da energia do bruxo, conforme ele os usa. Ao serem usados por um longo período de tempo, os instrumentos passam a carregar poder, facilitando as operações mágicas. Essa é uma faca de dois gumes. A vantagem é óbvia. A desvantagem, nem tanto. Essa é a de que o bruxo pode passar a depender daquele instrumento tão poderoso. É a sua ruína. Pois, como dito antes, ele deve confiar mais no seu próprio poder no que o poder de qualquer outra coisa. Por esse motivo, há bruxos que, após um certo tempo, trocam seus velhos instrumentos por novos, sem poder nenhum. Ele é assim obrigado a contar com o seu poder pessoal e não com "baterias mágicas". Esses instrumentos, portanto, devem ser considerados como ferramentas auxiliares em seus rituais.

Os instrumentos mais comumente usados na Wicca são:

As velas: Basicamente, se usam velas para três fins:

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Videos em alta qualidade no YouTube

Apesar de ser o site de vídeos mais popular da internet, o YouTube oferece vídeos em baixa qualidade. Mas o Google está trabalhando duro para melhorar a qualidade desses videos. Há uma dica simples para que possamos ver videos em alta definição no YouTube. Basta adicionar &fmt=18 no final da URL do vídeo.

Exemplo:
http://www.youtube.com/watch?v=wwLrgxtALWs

Ficaria:
http://www.youtube.com/watch?v=wwLrgxtALWs&fmt=18

Isso não vai funcionar para todos os vídeos, mas não custa tentar e assistir em alta resolução!

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Delimitadores de blocos de código no Python?

Hoje vi uma coisa interessante. Me falaram que o Python um dia poderá vir a implementar o uso de delimitadores de código ao estilo de C e Java (Wikipédia: Curly Bracket). O recurso já pode ser encontrado hoje no python, se vc importar o recurso, da seguinte forma:

from __future__ import braces

>>> from __future__ import braces
File "", line 1
SyntaxError: not a chance

Hehehe, vc achou mesmo que justo no Python - que preza tanto o uso de indentação como delimitador de blocos de código - eles viriam a implementar o uso desse recurso? Com certeza não.

A piadinha foi ótima. Acho que os programadores C/C++ e Java devem ter adorado né!



Antes eu achava que uma linguagem que não usava ";" era linguagem de fresco. Agora começo a acreditar que linguagens que usam ";" é que são linguagens de fresco. No Python vc pode ou não usar, fica a seu bel prazer. Agora, usar { e } (e seus primos begin e end) já é pedir demais, não é mesmo ??

AHuahauha, abração ... Espero que tenham curtido a piadinha.

domingo, 9 de novembro de 2008

Ciência devolve luz solar a aldeia austríaca

Isso é que é Ciência hehehehe

Sessenta espelhos gigantes prometem devolver o sol e a alegria a Rattenberg, no Tirol austríaco. Os habitantes esperam que o sistema ponha fim a um fenómeno que dura há nove séculos e que faz com que a aldeia viva na penumbra durante quatro meses, todos os anos.

Já há nove séculos que o cenário na aldeia de Rattenberg se repete. De Novembro até Fevereiro, esta povoação tirolesa que fica 40 quilómetros a leste de Innsbruck, não recebe luz solar.

Rattenberg tem por vizinha a montanha Stadtberg, com 910 metros de altitude, que bloqueia a luz quando o sol está mais baixo. Mas os 467 habitantes desta aldeia não se resignaram aos invernos cinzentos, e consequentes estados de espírito, e resolveram utilizar a ciência como arma.

O projecto inédito que promete ultrapassar esta desgraça natural irá usar 60 reflectores solares, comandados por computador, para devolver o sol a esta aldeia e aniquilar o estado depressivo de que sofre quem aqui vive.

Estes dispositivos, conhecidos como helióstatos, vão captar os raios solares em vários pontos do pico e reflecti-los para uma série de espelhos fixos, instalados num forte do século XIX, no cimo de Satdtberg. Estes desviarão o sol para uma dezena de pontos escolhidos desta aldeia.


«O helióstato, um mecanismo inventado no século XIX, captura os raios solares e envia-os para pontos fixos», explicou à AFP, Markus Pekoller, responsável do laboratório Bartenbach Litchtlabor, em Andrans, especializado em fenómenos luminosos.

Este organismo está a desenvolver o projecto, financiado por fundos estatais e europeus, cujo orçamento ronda os dois milhões de euros, o equivalente ao orçamento anual da câmara municipal.
Apesar do investimento chorudo que representa, Franz Wurzenrainer, o edil de Rattenberg, acredita que o projecto vale o que custa, já que irá atrair mais turistas até esta localidade e travar o êxodo da sua população.

Só nos últimos cinco anos, a penumbra invernal afugentou 10 por cento dos habitantes desta aldeia, para além de desencorajar o turismo, defendem os populares.

«Decidimos lançar este projecto meio maluco em 2003, depois de um estudo ter revelado que um em cada cinco habitantes sofria de depressão devido à falta de luz solar no Inverno», detalhou Wurzenrainer.

Os médicos que trabalham nesta zona estão familiarizados com os sinais da desordem sazonal provocada pela falta de luz. «Uma tristeza extrema, acompanhada por cansaço e distúrbios do sono» são alguns dos sintomas descritos pelos especialistas e que afectam muitos dos habitantes de Rattenberg.

Por enquanto estão a ser realizados estudos para avaliar a viabilidade do projecto que pode não chegar «a ver a luz do dia».

«Os constrangimentos técnicos são imensos», reconhece Peskoller. «Não existe um projecto semelhante em todo o mundo. Os espelhos deverão ter uma precisão extrema, ser completamente planos para que os raios solares sejam reflectidos sempre no mesmo ponto», explica.

A instalação de 30 helióstatos no munícipio vizinho de Kramsach, que tem muito sol durante o Inverno, deverá estar concluída na Primavera de 2007.

A população está tão expectante que duas pastelarias locais resolveram criar um bolo que foi baptizado como «O Espelho». «Com este sistema, os turistas vão chegar em massa, nem que seja para ver como funciona», considera Leopols Klisslinger, proprietário de uma das seis vidrarias locais. «O vidro sempre foi a salvação de Rattenberg», afirma.

Esta localidade é conhecida e visitada por ter uma arquitectura do estilo Inn-Salzach exemplar e por ser um importante centro da indústria vidreira.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Instalando programas no Windows Mobile

Um dos maiores benefícios de se ter um smartphone com Windows Mobile é a sua habilidade de facilmente se adicionarem tarefas para uma gama de tarefas, originalmente não disponíveis para a plataforma. Enquanto o sistema operacional dispõe do básico para o funcionamento do aparelho, na internet é possível encontrar uma infinidade de programas para as mais diversas tarefas, desde as mais essenciais e necessárias até aquelas totalmente inúteis e que servem somente para decorar o sistema. Neste tutorial abordaremos os passos básicos para se instalar programas no nosso Smartphone com Windows Mobile.

Para aqueles que não sabem, eu tenho um HTC Touch P3450 e esse tutorial foi feito para o MotoQ, com Windows Mobile for Smartphones 5.0. Se você for seguir esse tutorial para algum outro smartphone, talvez a tela seja um pouco diferente, mas os passos são exatamente os mesmos, para aqueles Smartphones que vêm com Windows Mobile 6.0 ou superiores.

Antes de prosseguirmos, é importante entender que há duas formas de se distribuir aplicativos para a plataforma Windows Mobile: Aqueles que são distribuídos na forma de executáveis e devem ser instalados a partir do computador, com o smartphone sincronizado; e aqueles que devem ser transferidos primeiramente para o smartphone para que a partir dele se dê o processo de instalação.

Neste tutorial, demonstraremos as duas formas.

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Vida longa às baterias do HTC Touch

Olha, vou lhes dizer um negócio. Não existe coisa mais chata do que vc começar a usar seu smartphone com a bateria recém carregada, e depois de uns 30 minutos, ele já começar a dar aviso de pouca carga. Eu mesmo já me estressei várias vezes ao ouvir o barulhinho no meio das minhas reproduções de músicas.

Pensando nisso, fui atrás de alguma forma de aumentar a autonomia da bichinha, até que descobri que isso pode ser feito diminuindo o clock do processador do mesmo.

Vida longa às baterias dos Smartphones - Economizando a bateria do meu HTC Touch

Um grande problema de todos os smartphones é, sem dúvida, a vida da bateria. A cada ciclo de carga podemos usufruir de poucas horas utilizando os equipamento em sua plena carga.

Se você for usuário de WiFi ou ainda usuário intensivo de programas que necessitem de processamento, como o caso do Skype, sua bateria não durará mais do que algumas horas.

A idéia dessa dica é mudar a forma como o HTC Touch controla a velocidade do processador e permitir que a velocidade do mesmo seja reduzida nos momentos em que não se faz necessária a utilização do processador.


Essa dica vale para todos os equipamentos com processador TI OMAP.

A primeira coisa a fazer é instalar o excelente aplicativo BatteryStatus Advanced, que pode ser encontrado em http://www.chi-tai.info/cs_batterystatus_xda_neo_wm5_ext_im_cs.htm

A única restrição é que o software foi feito para Windows Mobile 5.0, então provavelmente ele se comporte de maneira "estranha" as vezes. No entanto, ate agora não percebi nada que pudesse reclamar.

Feito o download e instalado o programa, basta entrar em suas configurações e na guia OMAP ativar as opções Overclock to Speed, Overclock on Wakeup e Remember last CpuSpeed. Já na guia CpuScaler, selecione as opções Enable CpuScaler.

Feito isso, o processador do seu HTC Touch irá flutuar de acordo com a necessidade de processamento, economizando bateria.




LEMBRE-SE: Nunca faça overclock do processador para margens muito altas! O recomendado por esse artigo é manter a velocidade de overclock a mesma da velocidade original. USE ESSAS INFORMAÇÕES POR SUA CONTA E RISCO!

Para constar, o processador (TI OMAP850 @ 201Mhz) do HTC Touch trabalha sem travamentos, porém com aquecimento, na velocidade máxima de 273Mhz.

Boa sorte e vida longa à bateria!

P.S.: No site do programa CPU Scaler há vários programas legais. Dêem uma olhada depois. Talvez eu comente sobre eles em algum futuro próximo.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

O Inimigo das redes Wireless

O objetivo deste posta é ajudar toda e qualquer pessoa, seja ela física ou jurídica, que use o sistema de transmissão de dados wireless (via rádio), pois hoje o maior inimigo deste sistema é a poluição de RF (ruído ou batimento).

A transmissão de dados via rádio no Brasil vem se expandindo geometricamente na freqüência de 2.4 Ghz, o que esta ocasionando uma total poluição de RF, que aparece na forma de ruído ou batimento.
Por falta de maiores conhecimentos sobre o assunto, tem se aumentado indiscriminadamente a potencia de transmissão, seja através da troca por equipamentos de maior potencia ou pelo uso de amplificadores, aumentando cada vez mais a poluição de RF, tornando-se quase impossível em certas regiões obter-se um sinal com o mínimo de qualidade necessário para o uso do sistema.

Muitos estão migrando para a freqüência de 5.8 Ghz, na tentativa de melhorar o sinal, principalmente em links ponto a ponto, mas os equipamentos para esta freqüência têm um custo muito elevado, (quase três vezes mais que os de 2.4 Ghz), tornando quase inviável seu uso comercialmente.