quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Hoaxes: Pulhas, Boatos ou Lendas Virtuais

Já repararam que só aumenta o número de spams na Internet? Não sei se dá para segurar o surto, mas resolvi escrever sobre o assunto, sabendo eu que a higiene digital exige a faxina na própria rede de relacionamentos.

O que são pulhas ou lendas virtuais?

São os boatos, informações infundadas que muitas pessoas espalham por emails e fóruns, que só fazem aumentar o tráfego mundial da Internet. Também chamados de hoax.


O que autores de boatos ganham com isso?

- Recolher inúmeros endereços de emails, que vão sendo anexados à notícia original cada vez que alguém a redireciona ou encaminha. Ao repassar para os amigos da sua lista, você ingenuamente acaba de indicar que todos eles são válidos, e é justamente a confirmação dessa validade que interessa ao spammer, que é quem compra essas listas de emails válidos ao final. Ou seja, você trabalha para o spammer, sem saber.
- Outros motivos: Pregar uma peça (o infame 1/ abril) nas pessoas ingênuas; difamação, a estratégia da anti-comunicação, entre outros.

Que vulnerabilidades são exploradas?

- Desinformação e preguiça mental. A maioria das pessoas novas na Internet ainda estão deslumbradas com esta mídia. São crédulas e pouco questionadoras. E essa ignorância associada a facilidade em encaminhar emails, gera correntes sem fim de spams, mundo afora.
- Carências emocionais, boa-fé. Essas são exploradas em correntes para doação de dinheiro para vítimas de tragédias ou doenças.
- Pânico, medo. Muito usado quando o assunto do boato é sobre vírus.
- Curiosidade mórbida. O sensacionalismo usado com o intuito de seduzir.
- Pseudo-esperteza. Mania de querer se dar bem, também conhecida no Brasil por Gersismo (Lei de Gerson). É a clássica situação do email que promete pagamentos por quantidade de pessoas reenviadas. Como todos os anos a Internet recebe milhares de novos usuários, esta tática acaba funcionando. Fique esperto!
- Pseudo-cidadania. Os abaixo-assinados eletrônicos, de causas até sensatas mas por não conterem assinatura, não tem valor legal. Você acaba digitando seu nome lá e soltando o email, fazendo a festa dos spammers.

Saiba Que (reproduzido da página sobre hoax na Wikipedia):

- deletar uma corrente ou hoax não provocará a ira ou castigos de deuses ou de santos, tampouco a morte, doença ou miséria de ninguém;
- o simples repasse e proliferação de mensagens nunca rende dinheiro a terceiros, assim como correntes pela Internet nunca trazem qualquer lucro financeiro a nenhum internato;
- nem a Anistia Internacional, nem a Cruz Vermelha ou qualquer outra instituição humanitária, pública ou privada jamais promoveu campanhas se utilizando de repasses de mensagens para emails particulares;
- campanhas humanitárias só podem ter credibilidade se houver um prévio e amplo conhecimento e divulgação do fato através dos meios de comunicação de massa, coordenado por uma instituição idônea;
- não há registros de casos voluntários e anônimos de campanhas de ajuda ou socorro a vítimas de penúria, saúde dramática, calamidades, sequestros, desaparecimentos, anistias ou indultos;
- alertas sobre vírus só merecem atenção se partirem de uma instituição especializada e confiável;
- abaixo-assinados recolhidos via Internet não têm qualquer valor jurídico ou administrativo, nem tampouco credibilidade como manifestação ou pressão social;

Prevenções
- Aprenda a desconfiar de certos tipos de email. Saiba como identificar hoax.
- Sempre procure se informar antes de reenviar algum alerta ou notícia-bomba. Como? Fazendo uma simples busca no Google, usando como palavra-chave o título do email que você recebeu.
- Desconfie da ingenuidade de seus amigos(as) menos experientes que você na rede, que vivem te enviando spam sem saber. Ofereça um link deste tutorial e peça para eles lerem.
- De tão famosas, algumas “estórias” dão a volta ao mundo. E acabam catalogadas. Basta uma visita em alguns desses sites para descobrir a enorme quantidade de boatos que circulam por aí.

Conheça dezenas de hoaxes já catalogados:
Lendas e folclore da Internet (em português), listados por ordem alfabética;
Hoax Busters (em inglês)
Museum of Hoaxes (em inglês)

Agora, se você quiser rir, nada melhor que ver algumas lendas urbanas na opinião dos editores da Desciclopédia !!

Fonte do Artigo: novasinapse.com