domingo, 18 de maio de 2008

O Beijo

Olá caro leitor. Estou fazendo um post especial hj, pq ele é realmente especial. Algo que aconteceu tão rápido mas que me deixou tão marcadamente apaixonado e, apesar de todos os avisos, algo que ficará marcado para o resto da minha vida dentro de mim. Um Beijo. Espero que goste.

Quando um beijo eu encontro,
e sem ao menos esperar,
no meu beijo este beijo encaixa
Mil outras loucuras um beijo lá do começo pode ocasionar

E se este beijo é docemente molhado, como o seu
Certamente,
em mim,
um beijo que beija igual vai encontrar

E se além de um beijo doce e molhado
Você, depois de me beijado
Me faz sentir um sentimento quente
por dentro das minhas veias
correndo
a se espalhar
Meu coração dispara,
Eu logo quero é outro beijo
Não mais quero me controlar

E quando você me cede outro beijo
Beijo duplamente quente,
molhado
doce
sutil, sublime,
gostoso
se você abrir um olho
e olhar meu rosto
vai descobrir
certamente
por que e como gosto de te beijar

E se ficamos calados tantas vezes, antes
Com os olhos a se entrecruzar
Cheios de dúvidas um do outro
No beijo se deu o nosso encontro
Isso não dá prá negar

Entendo que prá você,
Ouvir em um poema que teu beijo é bom
Pode te causar estranheza
Mas o que alcançamos no beijo
com toda a beleza
era a minha exata noção
de que o nosso beijo
com certeza fostes
um beijo de amor....

Um dia vou lá dentro de você te conhecer
Irei a sua casa,
Comerei do teu jantar
Beberei do teu vinho
Deitarei na tua cama
E te beijarei gostosamente,
do jeito que lá no começo quisemos
naquele estranho lugar
o beijo que sonhei
Era um beijo em você
Desses bem simples
À luz do luar...