quinta-feira, 17 de abril de 2008

Cliques: Como (não) interpretar as estatísticas de seu blog

"Existem três tipos de mentiras - mentiras, mentiras esfarrapadas e estatísticas"

A maioria das ferramentas de blogs hoje em dia vêm com uma variedade de pacotes de estatísticas - AWStats, Webalizer, ou outras do gênero. Existem também aqueles pacotes de estatísticas multi-utilidades, que podem ser colocados em qualquer tipo de site - muitos de você podem ter ouvido falar do Google Analytics, do Mint ou mesmo do Measure Map. Bom, todas essas ferramentas lhe bombardeiam com dezenas de tabelas de números, gráficos e quantos Cliques e Visitantes Únicos estiveram passeando em seu site. No entanto, não é um simples pacote de estatísticas que lhe dirá se seu blog está atualmente fazendo sucesso.

Então, o que é Sucesso?

O sucesso de um blog não deve ser medido em kilobytes, cliques, metas ou visitantes únicos, porque todo blog tem um objetivo diferente. Alguns blogs são criados com o objetivo de dar ao escritor uma forma de validação de suas idéias e conceitos para outras pessoas na internet. Alguns blogs tem o objetivo de vender produtos ou serviços de suas empresas. Há ainda blogs onde o único intuito é ganhar dinheiro com propagandas.

Antes mesmo de pensarmos sobre quais as melhores ferramentas que podemos usar, deveríamos pensar no que o sucesso significa para nossos blogs. Não deveríamos nunca usar as estatísticas destes pacotes simplesmente como fontes de números sem significado, mas usar como uma ferramente para ajudar você a medir como você está alcançando os objetivos do seu blog.



Primeira consideração: Hits não são nada ...

Se sua ferramenta de estatísticas menciona a palavra cliques, hits ou qualquer variação linguística dessas palavras, por favor, nunca mais olhe para elas. De fato, é até mais interessante você colocar um pedaço de fita isolante no seu monitor, na parte que trata dessas estatísticas, para que nunca mais você tenha que olhar para elas com aquela saudosa vontade de acreditar que ela representa a performance do seu blog.

Bom, você talvez não tenha entendido nada, então vamos definir melhor os conceitos e tudo se tornará claro ...

No Webalizer, por exemplo, Hits são definidos na página Support: "Hits representam o numero total de requisições feitas ao servidor". Vamos pensar nisso um pouco ...

Quando uma pessoa faz uma requisição para visualizar seu blog, o browser irá fazer requisições para todos os objetos contidos na página: páginas de estilo, imagens, arquivos flash, javascript, entre os mais populares.

Se você tem, por exemplo, 7 gráficos, 2 folhas de estilo e um arquivo de javascript ligadas a seu blog, cada vez que a pessoa entrar no seu blog, serão contabilizados no Webalizer o total de 11 hits.

Claro, outras ferramentas como o Google Analytics contam hits de uma maneira diferente, mas a idéia não muda, vamos ver o porquê.

A maioria das ferramentas de estatísticas integradas incluem também visitas de máquinas de indexação de buscas, como o GoogleBot, Yahoo e MsnBot nas suas estatísticas. Você ficaria bastante surpreso ao saber quantas vezes o MsnBot visita seu blog, só para ter buscas mais refinadas que o GoogleBot, que só visita quando detecta alterações nas páginas. Esta alteração pode chegar à faixa de 5% do volume total de "hits" do blog.

A seção Hits de toda ferramenta de estatísticas foi criada para ser utilizada por administradores de sistema, para garantir que o seu servidor web é poderoso o suficiente para servir todos os seus arquivos para todos que estão requisitando a visualização do seu blog, não para você. Não importa qual é o objetivo do seu blog, hits não são para você, porque eles não são uma maneira de medir nehuma forma de sucesso do seu blog.

Segunda consideração: Nem todos os visitantes são iguais ...

Eu vi uma vez em um blog (que ainda vou descobrir qual era) uma anedota bastante interessante, onde o seu autor, apos blogar frequentemente durante vários meses, estava desapontado por descobrir que sua ferramenta de estatísticas mostrava somente 200 visitantes únicos no mês passado ao do referido post. Ele não postou por alguns meses, desencorajado por acreditar que seu site não criava nenhum tipo de impacto.

Nos meses que se seguiram, o blogueiro recebeu e-mails de algumas pessoas, digamos, "influentes", no contexto do seu blog, perguntando o porquê ele havia parado de postar. Após um pouco de estudo, ficou determinado que a maioria dos visitantes únicos de seu blog eram de pessoas ligadas à causa que ele defendia em seu blog. Acreditando somente nas estatísticas informadas pela sua ferramenta, ele pensou que seu blog era um fracasso. No entanto, ao invés de ser um fracasso, ele alcançou exatamente o que se propunha, era um blog bastante direcionado e focado.

Este é um exemplo muito bom, que mostra que "não é bom se basear somente em estatísticas numéricas para medir a popularidade do seu blog". Outra coisa que ocorre também são blogs que têm bastantes visitantes únicos, mas com objetivos tão variados que não deveriam ser contados realmentem como visitas.

Exemplinho básico: Quantas vezes, ao fazer alguma busca, você não caiu acidentalmente em algum blog que não tinha nada a ver com o assunto tratado ? (até hoje não sei por que "conserva de jurubeba" leva ao meu blog).

O que devo então analisar?

Não importa quais as metas você definiu para seu blog. Alguns dos itens que vou citar são bons caminhos para lhe ajudar a alcançar os objetivos desejados pelo seu blog.

Tendências

Se sua ferramenta de estatísticas permite você rastrear visitas de forma que você possa ver as tendências das visitas, esta deveria ser a seção mais monitorada por mostrar o que seu visitante está procurando ao visitar seu blog. Alguns mostram graficos, outros mostram um comparativo entre períodos, no entanto, uma tendência frequente de crescimento é um bom indicador de que seu blog está crescendo.

Referências

Referências são sites que têm um link para algum página de seu blog que uma ou mais pessoas tenham clicado para chegar lá. Esta é uma grande (senão a maior) forma de rastrear o que as pessoas estão falando sobre o seu blog, e até recomendando algum produto, serviço, texto ou qualquer outra coisa presente no mesmo. Palavras são melhores que números, sempre.

Buscas

Eu sempre fico impressionado quando dou uma olhada na seção de palavras de busca que levam a meu blog. O motivo é que, em conjunto com as referências, permitem você quais posts são mais populares e o que os leitores estão procurando quando vêm a seu blog. Pequenos ajustes no conteúdo e no título, baseado no que seus leitores procuram, podem ajudá-lo a alcançar uma meta muito maior de maneira muito mais rápida, por ajudar quem busca a encontrar o que seu blog está oferecendo.

Comentários

Comentários tanto no seu blog quanto por e-mail são bons indicadores de que você está fazendo seus leitores pensarem. Não há muitas ferramentas que permitem acompanhar os comentários de seu blog, e nenhum deles rastreia e-mails específicos sobre o blog.

Se suas metas são vender produtos e serviços da empresa em seu blog, esta pode ser uma boa medida de sucesso. Se você vende somente um widget ou qualquer outro produto via blog, talvez possa ser inicialmente somente mais uma venda, que poderia ter sido feita sem depender do blog. No entanto, com a capacidade dos blogs de permitir integração entre o que é postado e as pessoas interessadas no assunto, isso pode se tornar em dezenas (ou até centenas) de vendas em um curto espaço de tempo.

Conclusão

Ferramentas de análise de páginas são úteis para que você possa acompanhar o que estão fazendo em seu site ou blog, mas no caso dos blogs, nunca deve ser utilizado sem o contexto correto. Muitas vezes, um único post do seu blog pode atrair 90% do tráfego, que pode ser errôneamente considerado global por usuários das ferramentas.

Então, da próxima vês que você quizer saber como seu blog está, tenha certeza de que aquele pedaço de fita isolante está lá, segura, sobre o medidor de Hits, e pense sobre estes pontos:
  • Conheça as metas de seu blog
  • Hits não são nada
  • Nem todas as visitas são iguais
  • Procure por crescimento positivo
  • Monitore suas referências
  • Pense sobre como as buscas são levadas a seu conteúdo
  • Comentários são a chave para o sucesso

Bom, espero ter ajudado com esse post. Em breve eu falarei um pouco sobre justamente estatísticas do meu blog. E sem hits ;)