sábado, 21 de julho de 2007

Para onde vão os dados que são escritos no dispositivo /dev/null ?


Esses dados são enviados para um dissipador especial da CPU que os converte em calor, para que depois sejam ventilados pelo cooler do computador. É por isso que o esfriamento do processador é cada vez mais importante; quanto mais rápido os processadores se tornam, menos importância os usuários dão à seus dados, por isso cada vez mais lixo é enviado para o /dev/null, gerando um superaquecimento das CPUs. Se o /dev/null for apagado (dessa forma desabilitando o dissipador de dados da CPU), o sistema vai rodar a uma temperatura mais amena. Contudo, o computador vai manter tanto lixo inútil existente, que o sistema vai logo começar a falhar. Se você tiver uma conexão de rede bem rápida, dá para resfriar o computador lendo todos os dados criados na /dev/random e enviando-os para algum lugar da rede. Contudo existe o risco de superaquecer sua rede ou do Provedor de Serviço Internet ficar meio bravo com você, já que todo esse calor normalmente é recebido pelo equipamento do provedor. Mas não se preocupe, os provedores tem grandes ventiladores para esfriar suas máquinas, então se você não insistir nisso com muita frequência, vai ficar tudo bem.


Adendo de Paul Robinson:
Existem outros métodos. Como todo bom administrador de sistemas sabe, faz parte da prática comum enviar dados das mais variadas espécies para a tela. Isto mantêm todos os pixies (pixie significa fadinhas em inglês) de tela felizes. Os pixies de tela (normalmente escritos com erro de ortografia, como 'pixels') são divididos de acordo com o tipo de boné que eles usam (vermelho, verde ou azul) e costumam aparecer ou sumir (mostrando a cor de seus bonés) sempre que eles ganham alguma coisinha para comer. As placas de vídeo transformam os dados em comida de pixies, e manda essa comida para eles. Quanto mais cara for a placa de vídeo, melhor é a qualidade da comida. Dessa forma, mais felizes ficam os pixies. Os pixies também precisam ser constantemente estimulados - é para isso que existem as proteções de telas.
Então, para seguir a sugestão anterior, é interessante mandar todos os dados que saírem do /dev/random para a tela do console, para alimentar os pixies. Isso não causa nenhum aquecimento do computador, e em contrapartida, faz os pixies viverem mais felizes, e ainda pode ser que faça você se livrar rapidamente de todos os dados existentes no /dev/random, mesmo considerando que a tela fique um pouco confusa.
Como um ex-administrador de um provedor que teve algumas más experiências tentando manter a estabilidade da temperatura da sala dos servidores, eu recomendo sinceramente que as pessoas não tentem enviar todos os seus dados para a rede. Existem umas pequenas fadinhas encantadas que fazem a alternância dos pacotes de redes, e que fazem o roteamento desses mesmos pacotes. Algumas vezes essas fadinhas ficam meio revoltadas com os usuários malvados que ficam mandando seus dados inúteis para a rede.

by FreeBSD Forum ...